David Laloum, faz uma análise sobre os impactos da pandemia na empresa, no mercado publicitário e na economia do País.

“Todos sairemos diferentes”

 

  • David Laloum 2

Para o presidente da Y&R, líderes serão mais lembrados na pós-pandemia pelas escolhas que fizeram como seres humanos do que como executivos.

O ano de 2020 tem sido especialmente desafiador para a Y&R. Muito antes de começar a sentir os impactos da pandemia causada pelo novo coronavírus, a agência teve parte da sua sede invadida pelas enchentes que atingiram São Paulo no início do mês de fevereiro, obrigando a empresa a se reorganizar as pressas para o trabalho remoto até que um outro escritório abrigasse seus funcionários. Nem bem se acostumaram com a casa provisória, há pouco mais de duas semanas os colaboradores já tiveram mais uma vez de partir para o plano B, ao voltar ao home office, dessa vez para seguir as recomendações de isolamento social propostos pela Organização Mundial da Saúde para conter a disseminação da Covid-19. Na entrevista a seguir, o presidente da agência, David Laloum, faz uma análise sobre os impactos da pandemia na empresa, no mercado publicitário e na economia do País.